A Dialogus Consultoria deseja um Feliz 2017!!

Dialogus Consultoria • 29 dez 2016

EMKTWHATS

O termo Compliance tem origem no verbo em inglês to comply, que significa agir de acordo com uma regra. Na esfera corporativa, Compliance é o conjunto de disciplinas para fazer cumprir a conformidade com leis e regulamentos, assegurando que os processos de negócios, operações e práticas estejam de acordo com  normas políticas e diretrizes estabelecidas para o negócio.

Os requisitos de conformidade podem resultar de legisladores e órgãos reguladores (por exemplo, Lei brasileira anticorrupção), padrões e códigos de prática (por exemplo, ISO9000) e também contratos de parceiros de negócios. O crescimento do investimento empresarial nesta área é principalmente uma consequência de mandatos regulatórios que surgiram como resultado de eventos e escândalos evolvendo grandes corporações em casos de corrupção e atividades antiéticas. O não cumprimento de leis e regulamentos pode levar a pesadas multas monetárias, sanções legais e regulamentares, além da perda de reputação.

O Compliance é historicamente visto como um fardo, mas há indícios de que as empresas começaram a ver os regulamentos como uma oportunidade para melhorar seus processos de negócios e operações. Relatórios da indústria indicam que até 80% das empresas esperam colher benefícios de negócios por melhorar seus regimes de Compliance.

Dentro deste contexto, a forma de fazer um Programa de Integridade (outra forma de como é chamado o Programa de Compliance em português) dar resultados é construir diretrizes que façam sentido no ambiente da empresa. Vejamos o exemplo do uso obrigatório do cinto de segurança no carro, se o motorista e os passageiros não estiverem de cinto o condutor está passível a multa e punição. Mas hoje com a quantidade de carros, o aumento do tempo no trânsito, e consequentemente aumento dos riscos de acidente, o uso do cinto protege a vida de quem está no veículo.

Todos ganham com o Programa de Compliance. O empresário com a diminuição dos seus riscos. A organização com diferenciais competitivos, maior reputação no mercado e princípios organizacionais mais sólidos. A equipe emergirá em uma cultura organizacional mais forte. A sociedade que terá mais organizações e pessoas preocupadas no cumprimento das leis e da ética.

Felipe Amorim – Consultor da Dialogus Consultoria

felipe@dialogusconsultoria.com.br

 


Deixe um Comentário

NOSSOS CLIENTES

Receba nossa newsletter e fique por dentro das novidades.

Torne sua organização socialmente responsável. Entre em contato conosco e prontamente responderemos!